O Dragão de Açúcar

Conta-se em tavernas que muitos anos atrás, em uma pequena vila chamada Nestulé, vivia um povo bastante alegre e festivo. Todos os anos, no começo do outono, se realizava lá o Grande Festival das Estações, com direito competições, barracas de alimentação e muitas outras atrações. Apesar disso, raramente o festival atraía muita gente de fora das redondezas, o que costumava frustrar o seu povo, crente de que possuía uma das melhores festas da região.

Certa vez, pensando em reverter essa situação, o prefeito da vila teve uma grande idéia: contatou alguns magos que vivam na região e propôs a eles o desafio de criar uma atração que chamasse a atenção de gente de todo o mundo conhecido para as festividades. Seria realizada uma votação pelo comitê organizador do festival, e o vencedor receberia um belo prêmio em dinheiro, além do reconhecimento do povo local.

Após algumas semanas de preparo, os magos apresentaram suas idéias e criações ao comitê. O vencedor foi um velho mago, conhecido na região por ser bastante gentil e gostar da companhia de crianças, que criou um golem feito de açúcar para conquistar o público infantil; ele tinha a forma de um dragão, e até uma baforada de calda de chocolate quente! Desnecessário dizer que, quando o festival chegou, a atração foi um grande sucesso, trazendo o tão esperado reconhecimento para a cidade. Tudo teria saído muito bem, não fosse a ira de um mau perdedor…

Enfurecido por não ter sido o escolhido, um dos magos concorrentes rogou uma maldição sobre o golem, dando-lhe uma personalidade própria semelhante a de um dragão verdadeiro. A fera enfurecida causou um grande pânico na cidade, realizando um grande saque nas bancas, antes de voar para longe. Diz-se que, desde então, o dragão vive em uma caverna próxima a vila, de onde sai uma vez por ano, no período em que ocorriam as festividades, para saquear as regiões próximas e aumentar o tesouro que guarda em seu covil, formado por milhares de doces e guloseimas.

O Dragão de Açúcar
F1 (corte) H2 R2 A1 PdF2 (calor/fogo) 10 PVs, 10 PMs
Vantagens/Desvantagens: Golem, Arena (seu covil), Tiro Múltiplo, Sentidos Especiais (todos), Vôo, Modelo Especial, Vulnerabilidade (calor/fogo e químico)

Anúncios

1 Response to “O Dragão de Açúcar”


  1. 1 warrians 08/05/2009 às 03:06

    maneiro! mas cade a desvantagem obrigatória “medo de formigas”? ^^


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Sob um céu de blues...

Categorias

Arquivos

@bschlatter

Estatísticas

  • 198,775 visitas

%d blogueiros gostam disto: