As Verdadeiras Memórias do Docteur Mystère

DocteurMystereVeritablesSouvenirsDu2_13012005Bon Dieu de la France! As Verdadeiras Memórias do Docteur Mystère é uma daquelas revistas em quadrinhos fáceis de deixar passar nas bancas para quem não está procurando especificamente por ela. Não é infantil, nem mangá, nem um super-herói americanóide; até o formato da revista é um tanto diferente, mais luxuoso, alto e largo que o formato americano tradicional. Trata-se, na verdade, de um fumetti italiano baseado em um personagem do segundo escalão dos romances de aventura do século XIX, e que se propõe a fazer um pastiche satírico muito bem humorado dos clichês e lugares-comum da literatura da época.

A versão nacional teve duas edições lançadas pela Mythos Editora, e eu sinceramente espero que não sejam as únicas, pois foram duas das leituras mais legais que eu fiz nos últimos anos. O tipo de humor irônico e sarcástico que as histórias possuem é muito divertido, tomando a Europa vitoriana como cenário e fazendo dezenas de referências literárias e à cultura pop, lembrando em alguns momentos o RPG Castelo Falkenstein e as histórias d’A Liga Extraordinária (a HQ do Alan Moore muito mais do que o filme com o Sean Connery, obviamente). Muitas destas referências, inclusive, são simplesmente hilárias, daquelas de fazerem rir sozinho e em voz alta – prestem atenção no “mantra do marinheiro estrábico” da primeira edição, ou em todas as referências a sagas espaciais na segunda, de Guerra e Jornada nas Estrelas até os mechas espaciais nipônicos.

A arte é compentente. O estilo europeu pode causar algum estranhamento a alguém acostumado com a estética dos comics ou dos mangás, mas é eficiente e se presta bem ao tema da história, e tem ainda o mérito de ser totalmente colorida. A narrativa, no entanto, é algumas vezes um pouco repetitiva – todas as páginas possuem um formato básico de 12 quadros uniformes, sendo que com alguma freqüência algum deles acaba ocupando o espaço que seria de vários; não é uma história focada na ação, mas sim nos diálogos, o que deve causar algum estranhamento a quem está acostumado com a narrativa mais dinâmica de um mangá, por exemplo. Mesmo assim, há ótimas sacadas gráficas, como as “estrelas” do espaço na segunda edição, ou o pupilo do personagem-título se aproveitando para apalpar as donzelas em perigo sempre que tem a chance.

Quanto ao roteiro, há uma continuidade que quem ler ambas as edições vai perceber, além de personagens recorrentes. No entanto, cada volume possui uma história fechada, que pode ser perfeitamente compreendida e usufruida mesmo por quem ler apenas um deles. Talvez se possa dizer que seja uma série para um público restrito, já que nem todos possuem as referências necessárias para entender e apreciar suas ironias e piadas; mesmo assim, para quem gosta de pastiche de gêneros, ficção científica retrô (especialmente à vapor), literatura de aventura, e afins, é sem dúvida uma das mais divertidas de se ler.

Anúncios

3 Responses to “As Verdadeiras Memórias do Docteur Mystère”


  1. 1 Thiago N. 08/07/2009 às 17:20

    Puxa, que legal! Deve ser fácil de deixar passar mesmo, porque não conhecia-a até então. Vou procurar saber mais sobre ela, adoro essas histórias mais underground, especialmente quando tem referências (convenhamos que o mundo alternativo, na área que for, tem mestrado e doutorado em fazer referências com maestria). Parabéns pelo vlog! (:

  2. 2 Pedro Mendes 15/07/2009 às 11:48

    ganhei as duas no meu aniversário, gostei muito, nada de outro mundo mas boas.


  1. 1 | podespecular.com.br | Podcast: Episódio 03 – Vapores Eletrônicos | Trackback em 06/12/2010 às 20:38

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Sob um céu de blues...

Categorias

Arquivos

@bschlatter

Estatísticas

  • 199,607 visitas

%d blogueiros gostam disto: