Epifania

Voava uma abelha
Que pousou na minha mão.
Olhei, maravilhado,
Aquela bela criação:
As asas, pequeninas,
Que a levantam do chão;
O corpo, diminuto,
Protegendo o pulmão.
Admirava e exaltava
Toda aquela perfeição;
Meus olhos se enchiam
De brilho e emoção!
Até sofrer, desencantado,
A terrível traição:
Me espetara, a desgraçada,
O maldito do ferrão!

Anúncios

0 Responses to “Epifania”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Sob um céu de blues...

Categorias

Arquivos

@bschlatter

Estatísticas

  • 198,801 visitas

%d blogueiros gostam disto: