O Show

O público vai à loucura quando ele sobe ao palco – vibra, grita, chora, desmaia! Ele gosta; reprime a própria vaidade, mas não consegue deixar de se orgulhar. Começa a primeira música: todos cantam juntos, os braços levantados batendo palmas no ritmo dos instrumentos. Emenda outras duas canções em seguida; o público grita ainda mais alto quando percebe os acordes que iniciam cada uma. Então ele pára, e começa a conversar: “como estão vocês?”, pergunta; a resposta é outro berro alucinado. “Espero que gostem da próxima música”, completa, e segue a apresentação, levando os fãs vão ao delírio, e novamente nas músicas seguintes. Há um set acústico: quase todo o público acende celulares e isqueiros, criando um mar de vagalumes dançantes na escuridão. Voltam os arranjos elétricos, para novo deleite generalizado. Mais algumas músicas, e o show termina: o público pede bis, e é atendido; e ainda uma segunda e uma terceira vez. E apenas então, finalmente, é hora de encerrar a noite – ele larga o violão ao lado da cama, se vira, e dorme.

Anúncios

0 Responses to “O Show”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Sob um céu de blues...

Categorias

Arquivos

@bschlatter

Estatísticas

  • 197,719 visitas

%d blogueiros gostam disto: