A Loja

Entrou na loja e calmamente começou a olhar as vitrines e estantes. Vários corações, de tamanhos, cores e formas variadas, eram expostos em prateleiras, caixas e balcões; ele os observava um por um, pegando-os para examinar, lendo com cuidado as especificações. Logo um vendedor chegou para atendê-lo.

– Posso ajudá-lo?

– Eu queria um de dois giga. – colocou de volta na prateleira o coração que estava examinando. – Tem?

O vendedor pensou por alguns instantes, olhando para o chão.

– Acho que tem, mas tá quebrado.

– Pode ser.

E saiu da loja cabisbaixo, os passos curtos e arrastados, as mãos escondidas nos bolsos da calça, levando o coração partido.

Anúncios

1 Response to “A Loja”


  1. 1 Rafaela de Oliveira 07/07/2010 às 18:53

    Partido mas empre tem mais espaço.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Sob um céu de blues...

Categorias

Arquivos

@bschlatter

Estatísticas

  • 199,338 visitas

%d blogueiros gostam disto: