Urbe Sinfônica

Os habitantes de Galineia há muito estavam descontentes com a cidade onde moravam. Não suportavam o barulho e a poluição sonora que eles próprios criavam ao viver seus cotidianos diários de tabalho, lazer e situações diversas. Muitas vezes já haviam tentado solucionar o problema, mudando rotinas, diminuindo sons, criando leis; no fim, no entanto, passando por sucessos temporários eventuais, tudo voltava à mesma situação: barulho, poluição sonora, no máximo com sons diferentes.

Políticos eram eleitos com a promessa de resolver o problema; urbanistas de renome iam até a cidade, pagos para encontrar uma solução; grandes pesquisas e estudos eram promovidos e subsidiados pela prefeitura, esgotando grandes quantias do orçamento anual. Tudo sem sucesso. No fim, foi um artista – um músico – quem, afinal, teve a idéia definitiva.

Com uma equipe cuidadosamente selecionada, ele estudou durante meses a rotina da cidade. Acompanhou as tarefas e lazeres de cada cidadão, e estudou a frequência, origem e duração de cada som que era produzido. Por fim, com a ajuda de técnicos contratados, acertou e conferiu, um a um, a afinação, o timbre e o ritmo dos sons que cada carro, cada computador, cada televisão, cada ronco emitia.

E agora, afinal, se não era possível eliminar os sons indesejados, pelo menos estes não mais formavam uma massa caótica e desconexa: cada barulho emitido estava em perfeita harmonia com os demais, tomando parte nos compassos que faziam a sinfonia urbana por eles executada. Nas segundas-feiras era Bach; nas terças, Beethoven; nas quartas, Mozart; nos fins de semana, temas diversos de jazz. E assim, se a Galineia estava ainda longe de uma utopia silenciosa, ao menos seus habitantes não se incomodavam mais com os sons que produziam, e passaram até a apreciar a música que todo o dia fazia a trilha sonora dos seus cotidianos.

0 Responses to “Urbe Sinfônica”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Sob um céu de blues...

Categorias

Arquivos

@bschlatter

Estatísticas

  • 193,026 visitas

%d blogueiros gostam disto: