Aula de História em 2032

trencheswwi2Cheguei na trincheira em cima da hora, pois o meu ônibus para o front atrasou. Vesti meu capacete, peguei meus instrumentos de trabalho e corri para a minha posição.

Mal cheguei e já pude ouvir o grito de guerra do outro lado, seguido de uma saraivada de tiros em todas as direções. Me protegi atrás da barricada, segurando o capacete sobre a cabeça. Os tiros continuavam, seguindo de gritos raivosos, xingamentos e palavrões de baixo calão. Assim era o inimigo.

Assim eram os meus alunos.

Quando tive uma oportunidade, levantei, puxei o meu megafone e comecei a falar:

– E 1763, a Inglaterra saía vitoriosa da Guerra dos Sete Anos contra a França…

Vi um objeto voar em minha direção e me abaixei rapidamente. A granada fez um arco sobre mim e caiu vários metros distante antes de explodir. Nenhum estilhaço me atingiu, mas ouvi o grito de dor de uma professora vindo daquela direção.

– …no entanto, os esforços e gastos com o conflito foram muito grandes, deixando-os esgotados financeiramente… – Segui com a minha fala, esperando pelo sinal da troca de turma. Quando veio, me abaixei e corri pelas trincheiras até a minha nova posição. No caminho, cumprimentei os professores de geografia e matemática, e vi ao longe a professora de português sendo atendida pelos para-médicos da secretaria.

Casualidades acontecem. Eu não podia me preocupar com isso agora; ainda tinha quatro períodos inteiros para sobreviver só no turno da manhã.

Logo que cheguei na turma seguinte, fui recebido com um tiro de um lança-mísseis. Por pouco escapei pulando para o lado, mas sofri alguns arranhões devido ao entulho deixado pelos ataques ao professor anterior.

Era hora do revide. Turma de quinta série: aula sobre os hebreus e o Êxodo.

Suspirei, puxei o megafone e comecei a falar. Seria um longo dia…

Anúncios

0 Responses to “Aula de História em 2032”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Sob um céu de blues...

Categorias

Arquivos

@bschlatter

  • Faço greve há anos na educação pública, e é triste fazer uma greve que não afeta ninguém que importa pro jornal nacional. 9 hours ago
  • É óbvio que greve prejudica. Uma das razões dela é mostrar o que acontece quando trabalhadores não veem razão pra trabalhar. 9 hours ago
  • No jornal do almoço: "a gente queria falar das razões da greve, mas como se tem gente prejudicada?" E por que não falar das duas coisas? 9 hours ago
  • Mas já estou vendo certos prefeitos dizendo que sou eu o privilegiado. 10 hours ago
  • A manchete diz "professores vão poder furar teto salarial." Aí leio a notícia, isso afeta juízes, promotores e etc que são professores tb... 10 hours ago

Estatísticas

  • 195,649 visitas

%d blogueiros gostam disto: