Underground, de Haruki Murakami

Como sou um romancista, sou o oposto de vocês – eu acredito que o mais importante é aquilo que não pode ser medido. Não estou negando o seu modo de pensar, mas a maior parte da vida das pessoas é imensurável, e tentar transformar tudo isso em coisas mensuráveis é realisticamente impossível.

(De Underground, conjunto de entrevistas realizadas pelo Murakami sobre os ataques terroristas com o gás sarin no metrô de Tóquio, em 1995).

0 Responses to “Underground, de Haruki Murakami”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Sob um céu de blues...

Categorias

Arquivos

@bschlatter

  • RT @d_taap: NO UBER ~Começa a tocar Oasis. Eu: Eita! Motorista: Que houve? Eu: É Oasis, né? Ele: É sim! 30 segundos depois: Motorist… 50 minutes ago
  • Quem tiver medium aí, bora trocar umas figurinhas. medium.com/@bruno.schlatt… 10 hours ago
  • RT @br000na: quem ama estudar e aprender, está aberto a todos os tipos de saberes, de diferentes culturas. quem só ama a ciência e despreza… 11 hours ago
  • RT @davidmirandario: Quando aquela criança morreu afogada na praia todo mundo se comoveu Hj 1.200 venezuelanos foram expulsos do Brasil Mui… 11 hours ago
  • Estou com A Quinta Estação da N. K. Jemisin pegando pó aqui na escrivaninha, aliás. Acho que posso passar pra cima na pilha de literatura. 12 hours ago

Estatísticas

  • 207.454 visitas

%d blogueiros gostam disto: