Blues Blues Blues

jimmyrogers-bluesbluesbluesfrontÀs vezes algumas pessoas têm tendência em considerar o blues uma música um tanto simplória demais. Não culpo elas: é de fato uma música simples, feita por pessoas simples, em geral sem uma educação musical formal, com uma série de fórmulas típicas e manjadas; grosso modo e nas devidas proporções, dá até pra dizer que é uma espécie de funk dos anos 40 e 50. No entanto, é justamente essa música simples e manjada que está nas raízes do rock e todas as suas vertentes, e, assim, de todo o paradigma da música popular ocidental na segunda metade do século XX.

A questão que alguns parecem ignorar é que é justamente essa simplicidade a maior virtude do estilo – é uma música fácil de tocar, basta ter algum suingue e ritmo na batida das cordas, e que tem resultados mais ou menos garantidos uma vez que se entenda essa simplicidade; Eric Hobsbawn já destacava, no seu clássico livro sobre a história do jazz, que a escala tradicional de blues é essencialmente expressionista, e não vejo onde discordar. Quem toca blues não está interessado em explorar todas as expressões das tonalidades musicais, nem em fazer experimentos eruditos, nem em ir atrás de novas formas de fruição estética ou elevação intelectual; está interessado apenas em tocar, livre e espontaneamente. Qualquer um que entenda do estilo vai dizer que um bom blues não se toca com as mãos, mas com a alma; à parte pela pseudo-religiosidade, não é uma afirmação de todo exagerada. O importante, e a graça no estilo, não está em encontrar todas as notas no lugar certo, num arranjo perfeitinho e bem acabado, mesmo que cuidadosamente dissontante – está em encontrar as notas lá, do jeito que estão, como simplesmente saíram na hora em que os músicos se reuniram para tocar.

Por isso, não é incomum encontrar em discos de blues as mesmas e mesmas músicas, por vezes até tocadas pelos mesmos artistas. Uma música que é marcante na carreira de um músico pode ficar completamente diferente nas mãos de outro, ou até nas do mesmo em um momento diferente; dificilmente duas gravações serão rigorosamente iguais, nota por nota. Há espaços demais para a expressão pessoal, para esticar o bend em um solo, ou adicionar um slide onde havia um hammer-on, ou abafar as notas de um acorde de base, ou usar um timbre diferente de guitarra, ou qualquer outra possibilidade; é quando está sem essa expressividade que o blues realmente fica um tanto simplório, com melodias e harmonias comuns e manjadas.

O que nos leva, então, a esse Blues Blues Blues, do lendário guitarrista Jimmy Rogers, que fez parte da formação clássica da banda de Muddy Watters, reunido com um grupo bastante seleto de estrelas admiradoras. É um álbum marcante por uma série de razões – por exemplo, por ser o último gravado pelo guitarrista, completado pouco tempo depois da sua morte; ou então por todas as estrelas reunidas, de Eric Clapton a Robert Plant & Jimmy Page a Mick Jagger & Keith Richards a um punhado de outros; ou apenas pelo repertório de clássicos escolhidos, como Blow Wind Blow, Everyday I Have the Blues, Sweet Home Chicago, Worried Life Blues e outros tantos. Enfim, uma grande festa de blues, onde todos se divertem e fazem o que gostam mais do que qualquer outra coisa. Quem não vê graça no estilo dificilmente vai achar qualquer graça no disco; felizmente, no entanto, o meu caso é o extremo oposto.

Anúncios

4 Responses to “Blues Blues Blues”


  1. 1 Lia Winter 25/04/2009 às 16:36

    educação musical formal não é garantia de fazer música boa. A música é inerente a isso, é coisa de alma!

    😉

  2. 2 Bruno 25/04/2009 às 19:12

    Concordo plenamente =)


  1. 1 Clapton « Rodapé do Horizonte Trackback em 12/01/2011 às 23:13
  2. 2 Blues Creation & Carmen Maki « Rodapé do Horizonte Trackback em 06/02/2011 às 19:56

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Sob um céu de blues...

Categorias

Arquivos

@bschlatter

Estatísticas

  • 198,801 visitas

%d blogueiros gostam disto: